Santa Casa
Santa Casa BH São Lucas SCBH Ensino e Pesquisa Funerária Santa Casa BH IGAP CEM


SCBH recebe novamente selo

06/10/2020

     

O maior hospital 100% SUS de Minas Gerais foi reconhecido mais uma vez pelas práticas ambientalmente corretas na produção das mais de 8 mil refeições oferecidas todos os dias para os pacientes e seus acompanhantes. A renovação do Selo Verde Green Kitchen (Cozinha Verde) – conquistado pela primeira vez em 2018 – reafirma o compromisso da Santa Casa BH na adoção de medidas ambientais e adequações na cozinha. Atualmente, o hospital continua sendo o único de Belo Horizonte com a certificação.

A conquista da renovação foi um desafio para as gerências de Meio Ambiente e Sustentabilidade e de Nutrição e Dietética, que trabalharam juntas para cumprir os requisitos e propor iniciativas inovadoras e sustentáveis. Uma das medidas adotadas para oferecer refeições mais saudáveis e saborosas é a substituição de todos os temperos e condimentos artificiais (amaciante de carne e caldo de carne e de galinha) por temperos naturais como salsão, salsinha, cebolinha, coentro, açafrão, alecrim e orégano. A programação dos temperos é feita com um dia de antecedência de acordo com o cardápio do dia seguinte para que o sabor do alimento seja realçado. Além disso, é utilizado detergente biodegradável para a limpeza dos utensílios, o fluxo para descarte do óleo da cozinha e dos resíduos não orgânicos foi readequado e os produtos passaram a ser separados para reciclagem, entre outras ações.

De acordo com a gerente do Serviço de Nutrição e Dietética (SND), Vanessa Ferreira, receber o selo é maravilhoso e desafiador: “estamos muito felizes por saber que a nossa cozinha, os processos de produção dos alimentos e a limpeza atendem às especificações e são práticas ambientalmente corretas. Isso é resultado do esforço, trabalho e dedicação dos funcionários do SND sempre em sintonia com a Gerência de Meio Ambiente e Sustentabilidade. Destaco como um dos nossos diferenciais para conquistar a recertificação neste ano a substituição do óleo composto pelo azeite extra virgem nas preparações das guarnições, que faz muito bem para a saúde dos nossos pacientes”.

Para o gerente de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Daniel Gonçalves Júnior, a parceria com o SND tem dado muito certo: “essa renovação comprova que estamos colhendo bons frutos e que todos os processos de cocção estão alinhados aos quesitos de sustentabilidade. Trabalhamos para encaminhar os resíduos produzidos de forma segura e ambientalmente adequada. A cada ano nos superamos. É um processo de melhoria contínua”.

Para 2021, o desafio é criar uma horta sustentável no hospital. O primeiro passo é estruturar um processo de compostagem para conseguir um adubo de qualidade, além de escolher um ponto adequado para fazer uma horta bem robusta para colher todos os alimentos que serão utilizados pelo Serviço de Nutrição. Essa é uma ideia inovadora e interessante que trará inúmeros benefícios para os pacientes.

Sobre o selo

Criado pela Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente (Fupam), o Selo Verde Green Kitchen é indicado para restaurantes que buscam aprimorar constantemente seu padrão de qualidade em benefício de seus clientes e sua região, levando em consideração aspectos sociais e ambientais. Os critérios de avalição contemplam quesitos de ambientação natural, alimentação saudável e sustentabilidade.