Santa Casa BHSão LucasSCBH Ensino e Pesquisa Funerária Santa Casa BHCEMIGAP


Santa Casa BH comemora 119 anos com missa e homenagens

21/05/2018

     
O provedor Saulo Coelho conferiu a medalha Doutor Aloysio de Faria ao presidente da Cape, José Marcílio Nunes Filho

A Santa Casa BH completou 119 anos de prestação de serviços de saúde no dia 21 de maio. Para comemorar a data, foi realizada uma missa em ação de graças na capela do hospital com a presença do provedor Saulo Levindo Coelho, de diretores, funcionários e autoridades, entre eles o vice-prefeito de Belo Horizonte, Paulo Lamac, e o prefeito de Nova Lima, Vítor Penido. Ao final da celebração, Saulo Coelho outorgou ao presidente da Casa de Acolhida Padre Eustáquio (CAPE), José Marcílio Nunes Filho, a Medalha Doutor Aloysio de Faria. O deputado federal Saraiva Felipe, que também seria agraciado com a medalha, não pôde comparecer à cerimônia. Ele deve ser receber a comenda na sexta-feira, dia 25, na Provedoria da Santa Casa BH.

“Estamos fazendo 119 anos numa cidade que está completando 121. Somos o primeiro hospital de Belo Horizonte e fazemos parte da história de milhões de famílias mineiras. Por esse motivo, comemoramos cada aniversário da Santa Casa BH com a missa e homenagem àqueles que contribuem com a instituição. É uma forma de agradecer todo o apoio que recebemos”, destacou o provedor Saulo Coelho.

Segundo José Marcílio Nunes Filho, a homenagem recebida se estende a toda Casa de Acolhida Padre Eustáquio. “É uma honra muito grande. Peço licença à diretoria da Santa Casa BH para dividir esta medalha com todos que fazem parte da CAPE. O hospital é nosso grande parceiro. Reunimos nosso conselho e, por unanimidade, mudamos o estatuto da associação e passamos a acolher também crianças que estão fazendo tratamentos cardíacos na Santa Casa BH. Fizemos isso com muito orgulho”, afirmou.

Para o vice-prefeito de Belo Horizonte, Paulo Lamac, a data reforça a importância da atenção do poder público com a Santa Casa BH. “É uma instituição referência na qualidade do atendimento de saúde. Esse hospital tem o respeito e carinho de todo belo-horizontino e de todos os mineiros. Por isso, é fundamental comemorar e sempre relembrar aos governos municipal, estadual e federal da necessidade de engajamento para preservamos esse grande patrimônio”, pontuou.