Santa Casa
Santa Casa BH São Lucas SCBH Ensino e Pesquisa Funerária Santa Casa BH IGAP CEM


Primeiro transplante cardíaco pediátrico da SCBH

16/06/2020

     
No momento em que celebra seus 121 anos, a Santa Casa BH comemora um grande marco para a saúde dos mineiros: a realização do primeiro transplante cardíaco pediátrico da instituição. A paciente Paloma Avelar dos Santos, de 13 anos, moradora da cidade de Itambacuri, no Norte do estado, recebeu o órgão em maio.

A mãe, Andreia Aparecida de Avelar dos Santos, relata que a filha era muito extrovertida e agitada até que, em dezembro de 2019, começou a reclamar de fraqueza. No mês seguinte, Paloma realizou consulta com uma pediatra da cidade e, antes mesmo de fazer os exames solicitados, teve uma piora e precisou ficar internada durante nove dias. “Após algum tempo fazendo acompanhamento com um cardiologista, fomos encaminhadas para fazer um exame mais detalhado em Governador Valadares e depois os médicos deram encaminhamento para a Santa Casa BH”.

Em abril, a paciente fez a primeira consulta com a equipe médica da SCBH e foram solicitados outros exames. E a cada dia a situação de Paloma ficava mais complicada e os remédios não faziam mais efeito. De acordo com o chefe da equipe de Transplante Cardíaco da Santa Casa BH, Dr. Sílvio Amadeu, a criança foi encaminhada ao hospital com o diagnóstico de miocardiopatia dilatada, uma alteração que leva à falência do coração de forma progressiva. “Nós recebemos ela fora da rotina, uma vez que trabalhávamos com pacientes adultos. Mas avaliamos e concluímos que estava dentro de um perfil que poderíamos conduzir o tratamento. Na segunda consulta, o quadro de saúde era muito grave e a paciente já ficou internada para aguardar o órgão e a realizar o transplante”, relembra.

Agora, após a cirurgia, a mãe comemora e se emociona com a nova perspectiva de vida. “A expectativa da família é cuidar mais desse coração, fazer todos os exames e consultas e dar para a Paloma o que for de melhor”, afirma Andreia. Por fim, ela deixa a mensagem de agradecimento para a família que autorizou a doação: ”Obrigada, família. Que Deus retribua vocês por tudo o que fizeram”.





Transplantes na SCBH em 2019
Considerado o maior hospital transplantador de Minas Gerais, a SCBH oferece transplantes de córnea, medula óssea, coração, fígado, rim e ossos e realiza a captação de múltiplos órgãos para doação. Em 2019, foram feitos 111 transplantes de medula óssea, 59 de rim, 32 de fígado, 14 de coração e 110 de córnea. O hospital faz parte do “Projeto DONORS: Estratégias para otimizar a doação de órgãos no Brasil”, do  Ministério da Saúde. A iniciativa tem o objetivo de aumentar a taxa de sucesso das doações e a qualidade dos órgãos disponibilizados aos seus receptores.

121 anos da Santa Casa BH
Fundada em 1889, a primeira instituição de saúde da cidade completou, no dia 21 de maio, 121 anos de serviços bem prestados à população. O hospital abriga modernas unidades de tratamento, atua em 35 especialidades médicas e possui mais de 1000 leitos para atendimento exclusivo aos usuários do SUS. Ocupa também posição de destaque nacional na realização de serviços de saúde de alta complexidade, como transplantes, tratamento nefrológico, cirurgias cardíacas em adultos e crianças, cirurgias do sistema nervoso central e periférico, do aparelho circulatório e outros procedimentos. Por ano, são realizados cerca de 2,9 milhões de atendimentos: mais de 56 mil cirurgias, 447 mil consultas, 2,1 milhões de exames e 55 mil internações.