Personagem em foco: Dr. Miguel Farage

13/08/2019

     

Miguel Ângelo Pinto Farage nasceu em 16/7/1964, no município de Cataguases (MG). Ingressou na Faculdade de Medicina de Barbacena e, em 1989, chegou à Santa Casa BH para concluir seu curso e fazer Residência em Clínica Médica. Em seguida, realizou sua segunda especialização: Pneumologia.

Atualmente, Dr. Miguel exerce diversas funções no Grupo Santa Casa BH, entre elas a de superintendente Assistencial do Hospital São Lucas e coordenador da Residência em Clínica Médica da Santa Casa BH. Mas, em 1993, quando concluiu a residência em Pneumologia, mal sabia que estava iniciando uma história de amor com a instituição, que dura quase 30 anos.  “Ao final da residência, o Dr. Nassim Garib, que era o chefe da equipe, me convidou para ficar como médico assistente. Eu aceitei, mas ainda com a ideia de voltar para o interior. Acabei ficando e estou aí até hoje”, revela.

Miguel casou-se em 1995 com Celina Farage, com quem tem três filhos: Natália, de 23 anos - que é estudante de medicina – Thiago, de 21, e Cecília, de 18 (ambos estudantes de psicologia). A casa do médico fica ainda mais movimentada com os bichos de estimação: três cachorros e um gato. “Coisa boa é sentar com os filhos, com a esposa, e ‘jogar conversa fora’”, revela, ao ser perguntado sobre qual é o seu passatempo preferido.

Segundo Dr. Miguel, um dos momentos mais marcantes de sua carreira ocorreu em 2001, quando aceitou se tornar presidente da Comissão de Residência Médica (COREME). “Eu estava de férias, viajando. Um dos residentes que era representante da instituição na COREME me ligou e disse que a entidade estava sem presidente. Meu nome foi proposto e os outros membros aceitaram”, lembra.

Em 2018, a Residência de Clínica Médica do hospital comemorou 25 anos de credenciamento pelo MEC. A data foi celebrada com a realização do I Congresso da Residência de Clínica Médica, com participação de médicos integrantes e egressos do serviço. “Dos nossos 434 ex-residentes da área, consegui fazer contato com 422. Muitos vieram de longe, para participar desse momento importante para a instituição. Isso comprova o carinho e o orgulho que esses profissionais têm por terem se especializado na Santa Casa BH”, destaca.