Santa Casa BHSão LucasSCBH Ensino e Pesquisa Funerária Santa Casa BHCEMIGAP


McDia Feliz 2018 apoia combate ao câncer

28/08/2018

     

O McDia Feliz, realizado este ano em 25 de agosto, foi novamente um sucesso. Representantes da Santa Casa BH (SCBH), da Casa de Acolhida Padre Eustáquio (Cape), do Instituto Ronald McDonald e funcionários do McDonald’s se reuniram, em um dos restaurantes na Savassi, para a abertura oficial do evento. Como em edições anteriores, os recursos arrecadados com a venda do sanduíche Big Mac (exceto alguns impostos) nos restaurantes de Belo Horizonte, Contagem, Betim, Sete Lagoas, Governador Valadares e Pouso Alegre serão destinados à Santa Casa BH para execução de projetos voltados ao combate ao câncer.  Este ano, a campanha possibilitará a ampliação da Farmacotécnica de Quimioterápicos (local de manipulação dos medicamentos de quimioterapia), que funciona na Unidade de Oncologia da Santa Casa BH.

A ampliação da Farmacotécnica faz parte do projeto que já está sendo desenvolvido pela Santa Casa BH para criação do Instituto de Oncologia que visa oferecer, em local único, o atendimento integral, proporcionando mais eficiência e agilidade na realização do diagnóstico. Com a nova estrutura, a previsão é dobrar os atendimentos da radioterapia e triplicar o número de sessões quimioterapia.  “Em nome de nossos funcionários e pacientes, agradeço de coração à Cape e ao Instituto Ronald McDonald por essa parceria tão importante”, afirmou o provedor, Saulo Levindo Coelho. A Santa Casa BH é referência no atendimento de pacientes com câncer em Belo Horizonte e em Minas Gerais.

Edmundo Massoni, conselheiro do Instituto Ronald McDonald, ressaltou a importância do apoio à SCBH. “É com grande satisfação que mais uma vez colaboramos com a causa do combate ao câncer infantojuvenil. Apoiar a Santa Casa BH é motivo de orgulho. É a instituição que atende o maior número de casos em Minas Gerais”, destacou. De acordo com o DATASUS, o hospital ocupa o primeiro lugar no tratamento oncológico de crianças e na realização de cirurgia oncológica, radioterapia e quimioterapia pediátrica (até 17 anos).

Para a superintendente da Cape, Mônica Araújo, quanto mais pessoas conhecerem a realidade das crianças que lutam contra o câncer e as instituições que as apoiam, melhores serão os resultados da campanha. “É importante convidar as pessoas a participarem durante todo o ano, fazendo visitas à Santa Casa BH e às casas de apoio como a Cape e outras, para que conheçam as instituições que cuidam dessas crianças. Quanto mais pessoas vivenciarem o dia a dia e presenciarem a diferença que este trabalho faz para os pacientes, nosso McDia Feliz será melhor, a cada ano”, pontuou.

O apoio crescente de voluntários e funcionários das instituições envolvidas na campanha foi lembrado pelo oncologista pediátrico da SCBH, Dr. Joaquim Caetano Aguirre Neto. “Nos últimos anos, conquistamos melhorias para atendimento das crianças na Santa Casa BH. É importante agradecermos a todos que estão na retaguarda, participando, divulgando esta causa nobre, que nos instiga a fazer cada vez mais pelas crianças”, comentou.