Histórias da nossa casa

07/11/2018

     

Uma vida dedicada à família e aos pacientes da Santa Casa BH. Essa é a história de Antônia Borges de Castro Pinto, chamada carinhosamente de Tonica. Há 31 anos no hospital, ela relembra da sua trajetória e de todos que a ensinaram, especialmente da Irmã Arnhild – responsável por sua formação como atendente de enfermagem e por sua contratação em 1987. Desde então, ela trabalhou no bloco cirúrgico, mas teve oportunidade de aprender muito como plantonista em diversas clínicas médicas. Com muita garra, iniciou em 1993 o curso de auxiliar de enfer­magem e, em 2001, o técnico em enfermagem. O lema da sua vida é na enfermagem não se trabalha com ‘não sei’ ou ‘talvez’, mas sim ‘com certeza’. Com conhecimento e responsabilidade, Antônia foi ganhando a confiança de toda a equipe. Atualmente, ela cuida do parque tecnológico da Unidade de Cuidados Cirúr­gicos e assumiu esse desafio para tratar ainda melhor dos pacientes: “sou a primeira a chegar nas 19 salas e testar todos os equipamentos antes das cirurgias. Estou de prontidão, caso ocorra algo durante os procedimentos e depois”. A gerente da unidade, Lilian Sant’Anna, só tem elogios: “Tonica é muito dedi­cada e querida por todos. Somos muito gratos pelos seus ensinamentos e por tê-la por perto, cuidando dos equipamentos e de nós. Com seu conhecimento assistencial e faci­lidade de comunicação, ela ajuda todos que a procuram”.