Dia Mundial do AVC: Santa Casa BH realiza atividades de conscientização

24/10/2017

     

O Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC) é lembrado em 29 de outubro. Para discutir o tema, conscientizar sobre formas de prevenção e oferecer capacitação, o Centro de Especialidades Médicas Santa Casa BH (CEM SCBH) oferece várias atividades, nesta sexta-feira (27).

A partir das 8h, o público presente no CEM receberá folders com informações sobre a doença e práticas que contribuem para evita-la. No período da tarde, partir das 13h, o público alvo são profissionais de saúde e cuidadores, que poderão assistir a diversas palestras relacionadas ao tema.  

O CEM está localizado à Rua Domingos Vieira, 416, Santa Efigênia.

Palestras:

· “O AVC e poder da Associação” - Sandra Issida, presidente da AMAVC (Associação Mineira do AVC);

· “O AVC: causas, consequências e tratamento” - dr. Albert Louis Rocha Bicalho, preceptor do Ambulatório de doenças Cerebrovasculares da Santa Casa BH;

· “A importância da prevenção” - dr. Frederico Medeiros, preceptor do Ambulatório de doenças Cerebrovasculares da Santa Casa BH

“A reabilitação pós AVC” - Eder Luciano Vaz dos Santos, professor de Fisioterapia da Faculdade Isabela Hendrix;

· “Os cuidados do paciente idoso com AVC” - Jorge Roberto Afonso de Souza Silva, presidente da Associação Mineira de Cuidadores de Idosos.

O AVC

Dados do Ministério da Saúde apontam que cerca de 100 mil pessoas morrem todos os anos no Brasil, em decorrência de Acidente Vascular Cerebral - a maior causa de morbimortalidade do país.

O AVC pode ser de dois tipos: isquêmico – ocasionado por falta de circulação em área do cérebro, provocada por obstrução de uma ou mais artérias por ateromas, trombose ou embolia; ou hemorrágico – sangramento cerebral provocado pelo rompimento de uma artéria ou vaso sanguíneo, devido à pressão arterial, problemas de coagulação do sangue ou traumatismos.